Organizada 19.11.2006 61 3034-7375 faleconosco@adsudoeste.com.br

Quão VIP temos quer ser?

  • Domingo, 28 Fevereiro 2016 16:00
  • Written by 

No último dia 15, foi realizada a 58ª edição do Grammy, em Los Angeles, com a premiação de diversos artistas. Mas a notícia que correu o mundo foi a do ex-beatle, Paul McCartney, sendo barrado pela segurança ao tentar entrar em uma festa particular, promovida pelo rapper Tyga. O vídeo flagrando o ocorrido viralizou nas redes sociais.

Paul McCartney, além de cantor, compositor e multi-instrumentista, é produtor musical, cinematográfico e ativista dos direitos dos animais. O ex-beatle teve 29 composições de sua autoria em primeiro lugar nas paradas de sucesso nos EUA. Em 1997, recebeu o título de Sir, honraria lhe concedida pela Rainha da Inglaterra. Além disso, foi eleito, em 2008, como o 11º maior cantor de todos os tempos.

Mas apesar de todos os seus grandes feitos, Paul McCartney não pode entrar na festa simplesmente por que seu nome não estava escrito na lista. Em outras palavras, ele não conhecia o dono da festa. Diante da situação, o cantor reagiu de maneira bem-humorada, falando a seus companheiros: Quão vip precisamos ser para entrar? Precisamos de um novo hit, caras. Trabalhem nisso! Depois disso, Paul McCartney virou as costas e foi embora.

Ao assistir o vídeo, não tive como não lembrar de um jovem rico que certa vez tentou aproximar-se de Jesus exibindo seus méritos: - Mestre, o que devo fazer de bom para conquistar a vida eterna?

Primeiramente, Jesus tentou dar uma dica ao Jovem, o alertando que bom mesmo só existia Um. Mas diante da insistência, o Maravilhoso Conselheiro respondeu: - Guarde os mandamentos. Não mate. Não adultere. Não roube. Não dê falso testemunho. Honre pai e mãe e ame ao próximo como a você mesmo.

O jovem, todo orgulhoso, não esperou para mostrar suas proezas: - Já tenho obedecido todos esses mandamentos. E como quem buscava apenas mais um elogio, o jovem indagou: - O que mais me falta? Na certa, o rapaz esperava que Jesus lhe dissesse que ele já tinha tudo, que ele já fazia tudo de bom e que, portanto, já tinha méritos suficiente par estar diante de Deus. Mas Jesus lhe dá um banho de água fria dizendo: - Se você quer ser perfeito, vá e venda tudo o que tem, distribua aos pobres, assim você terá riquezas no céu. Depois venha e me siga.

O texto de Mateus 19 nos diz então que o jovem, após ouvir estas palavras, vira as costas e vai embora, com um semblante triste. Mais um barrado na entrada da festa. Como assim? Deve ter pensado o jovem. Que mais eu tenho que fazer para poder entrar?

Consternados, os discípulos que viram um jovem prodígio, talentoso cumpridor da Lei, ser rejeitado, perguntaram: Quem poderá então se salvar?

A pergunta do jovem rico e a dos discípulos é, curiosamente, a mesma pergunta que muitas pessoas ainda fazem hoje: O que devo fazer para me salvar? O que fazer para ser aceito? Quão vip preciso ser para entrar no céu? E quase dois mil anos depois, a resposta de Jesus continua sendo a mesma: - Aos homens, é impossível salvar-se, mas a Deus, tudo é possível.

Para entrar no céu e herdar a vida eterna não basta ser uma pessoa admirável ou ter muitos títulos. Não basta ser muito altruísta ou um cidadão exemplar. Não basta ser bem-sucedido na vida. Não bastaria nem mesmo ser o maior entre todos os homens, pois mesmo este não se iguala ao menor no Reino de Deus. Quem pode entrar então? A única forma de entrar no Céu é ter escrito seu nome na lista. Em outras palavras, não há como entrar sem antes conhecer o dono.

Podemos não sustentar um título da nobreza, ou nunca ter sido eleitos o cristão do ano, ou ainda não ser os mais admiráveis entre os cidadãos da nossa cidade. Mas por que conhecemos Jesus, o Dono da Festa, ele distribui esse “crachá vip” a nós. Sem olhar para nossos méritos ou para nossos defeitos, ele nos faz herdeiros e nos convida a sentar em sua mesa com Ele.

Fiquemos com a resposta que o próprio Jesus deu aos seus discípulos quando lhe perguntaram o que ganhariam se deixassem tudo e Lhe seguissem: todo que deixar casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filho, ou terras por amor de meu nome, herdará a vida eterna.

Foto: Internet